Inicial > Não categorizado > Treinamento – Workspace memory grant internals, SP 12/Fev/2018

Treinamento – Workspace memory grant internals, SP 12/Fev/2018

Bora aproveitar o carnaval pra estudar? …

Para fazer sua inscrição ou entrar em contato me envie um e-mail clicando aqui.

Conteúdo Programático

Treinamento: SQL Server – Workspace memory grant

Duração: 8h

Nível do treinamento: 300/400 (*)

Preço: R$350,00

Data e horário: 12 de Fevereiro de 2018 das 9h às 18h.

Local: São Paulo, próximo a Av. Paulista. (ainda irei confirmar, mas provavelmente será na DoMore)

Descrição do treinamento

Objetivo: Como profissionais em SQL Server ao falar de memória a primeira coisa que pensamos é no buffer pool ou procedure cache. Porém, existem outras tarefas que necessitam de memória, uma delas é a execução de consultas. Durante a otimização (criação do plano de execução) de uma consulta o otimizador determina o mínimo de memória que uma consulta necessita para rodar com eficiência, e o máximo que ela poderia se beneficiar. Em tempo de execução da consulta, o “Memory Grant Scheduler” determina quanto de memória a consulta terá e qual sua prioridade. Essa área de memória utilizada para processamento de consultas conhecida por “worspace memory grant” ou “query work buffer”.

Neste treinamento, iremos analisar e entender esta área de memória com objetivo de obter melhor performance nas consultas e uso de memória, ao mesmo tempo que garantimos a concorrência do ambiente. Os alunos irão aprender como monitorar, ajustar e otimizar suas consultas a fim de obter melhor performance no ambiente.

Se você trabalha com otimização e consultas “pesadas”, administração de ambientes críticos e com alta concorrência, este treinamento é recomendadíssimo.

Metodologia de ensino diferenciada: Ao final do treinamento, teremos um teste prático. Cada aluno receberá instruções para conectar em uma VM com problema, e o objetivo será resolver o problema. No melhor estilo “taí o desafio, resolve”.

Com os laboratórios práticos, conseguiremos por em prática os assuntos ensinados e sair da teoria massiva que os treinamentos internos requerem.

Público alvo: Desenvolvedores e DBAs com experiência no desenvolvimento e/ou manutenção de bancos de dados no SQL Server, que suportam aplicações de complexidade média ou alta. É um curso para profissionais interessados em ir além do que os cursos tradicionais oferecem e aprofundar seu entendimento do produto.

Este curso não é introdutório; visa expor conhecimentos avançados a profissionais experientes na ferramenta.

Pré-requisitos: O aluno já deve trabalhar com o SQL Server no dia-a-dia, possuindo experiência em programação e/ou administração, sabendo escrever de forma proficiente consultas T-SQL.

Conteúdo

  • Apresentação do curso
  • Memória, quem precisa disso?
    • Overview de gerenciamento, alocação e utilização de memória no SQL Server
  • Workspace memory grant
    • Gerenciamento e utilização
    • Debuging (CQryMemManager e CbufAcquireGrant)
    • 32 bit vs 64 bit
  • Estimativas e operadores
    • Estatísticas
    • Planos em paralelo e DOP
    • Colunas variáveis
    • Memory fractions
    • Query plan info
  • Semáforos
    • Concorrência e filas
    • Consultas pequenas
    • Consultas grandes
      • Distribuição das 5 filas
    • Timeouts
  • Ajustando memory grant space
    • Resouce governor
      • IMPORTANCE, REQUEST_MAX_MEMORY_GRANT_PERCENT e REQUEST_MEMORY_GRANT_TIMEOUT_SEC
    • Hints
      • SQL2012SP3+ — MIN_GRANT_PERCENT e MAX_GRANT_PERCENT
    • Traceflags
      • TF7470 — KB3088480
    • Monitorando uso do memory grant
      • DBCC MEMORY STATUS, sys.dm_exec_query_resource_semaphores, dm_exec_query_memory_grants e sys.dm_os_memory_brokers
      • Profiler e xEvents
      • Performance counters
    • Demos e warnings
      • Sort, hash e exchange warnings
      • Planos em paralelo mais lentos sob pressão de memória
      • Waits
      • Tempdb
      • Additional memory grant
      • Memory grant feedback
    • Laboratório/Desafio

(*) Descrição dos níveis do treinamento: os treinamentos são classificados com um nível variado, entre 100 e 400, dependendo da complexidade do curso. O nível 100 representa uma introdução com apresentações mais simples sobre um determinado tema, enquanto o nível 400 representa um conteúdo avançado, como análise detalhada da tecnologia e debugging.

Anúncios
Categorias:Não categorizado
  1. Alex
    2 de fevereiro de 2018 às 16:39

    Oi, Fabiano. Fiz um treinamento de SQL com você em 2011 e gostei muito. Estou precisando de um treinamento equivalente para Oracle . Você conhece alguém que daria um treinamento de performance aprofundado ?

    Obrigado,
    Alex

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: